quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Força, Poder de fogo e suas distâncias polêmicas.

    Então, depois de criar ESTE post eu fiquei pensando mais sobre os conceitos que usamos para definir atributos em 3D&T que, pelo menos pra mim, estão errados.

    Afinal, a verdade é que por mais que fiquem falando da liberdade interpretativa que o sistema possui e incentiva, a grande maioria ainda se prende a fatores narrativos para definir regras. É essa a verdade e se não gosta eu não posso fazer nada, a polêmica foi plantada.

    A questão é que nos próprios atributos até mesmo os nomes deles acabam definindo para os menos atentos o que os mesmos representam, e isso é causado por diversos fatores. Usarei um que 99% criticam quando eu comento (o 1% sou eu.) que é o....

TIRO A QUEIMA ROUPA

    Então vem alguém e diz "Mas se eu quero ATIRAR em alguém a queima-roupa, é ÓBVIO que o atributo usado é Poder de Fogo!" E isso faria total sentido! Se não estivéssemos jogando 3D&T!

    O problema disso tudo é que a maioria dos jogadores vê alguém atirando como uma atitude de poder de fogo, já que obviamente alguém que atira está usando PdF. Mas nesse caso você pretende atirar em alguém próximo, da mesma forma que poderia dar um soco, facada, etc. É um ataque de curta distância e por isso por mais idiota que possa, e talvez vá, parecer, o atributo seria FORÇA a ser usado na FA.

    "Herege! Bruxa! Pesa feito um pato!" Vocês gritam, e podem tacar pedras, na internet não tenho limites. O que acontece é que o manual é relativamente claro quanto a isso:

    FORÇA: Capacidade de mover/quebrar/atacar qualquer coisa a CURTA DISTÂNCIA (ignorando vantagens e poderes)
    PODER DE FOGO: Igual a força só que a LONGA DISTÂNCIA

    E independe se você usa uma arma de fogo, arco e flecha, shuriken ou qualquer coisa do tipo! Força não representa sua força física, mas sim sua capacidade em curta distância da maneira que for ao usá-la. Afinal, pensem comigo: Um arqueiro acostumado a pensar no seu tiro, planejar trajetória, força do vento e todas as variáveis que permitem um tiro ser um total sucesso ou fracasso (PdF) NUNCA conseguiria o mesmo na fração de segundos que é necessária para agir em um combate corpo-a-corpo (F). E mesmo que saiba, será uma técnica COMPLETAMENTE diferente da de PdF e nada mais óbvio que usar outro atributo, no caso, Força. Negar isso é o mesmo que falar que um guerreiro que taque uma espada no inimigo usará F e não PdF.

    Mas assim como isso é claro pra mim, também é claro que em ocasiões especiais o mesmo pode não ocorrer. Digamos quebrar uma fechadura: O guerreiro usa força, o ladino usa habilidade e o atirador usa PdF, porque todos tem tempo e podem agir da maneira que consideram ideal para passar pela porta. Um a quebrando, outro resolvendo o segredo da fechadura e outro simplesmente atirando na mesma. Assim como eu também aceitaria um atirador usar PdF contra alguém paralisado e este sim será o tiro a queima roupa.

    Eu até falaria da Armadura, mas isso deixo pra outro post.

    E se acha que estou errado, digam seus pontos de vista nos comentários.

(Não coloquei fotos nesse post porque fiquei com medinho de ver gore no google imagens.)

Um comentário:

  1. Eu discordo. Com poder de fogo, você poderia atingir qualquer oponente dentro do alcance do poder de fogo.
    Imagine você com uma pistola em mãos e um bandido de 2 metros de altura tentando te derrubar com uma barra de metal, o que você faz? Atira nele, não tenta partir na porrada né u.u
    Claro que flechas e tiros são diferentes... Mas limitar um cara com PdF5 para F0 é pura mancada.

    ResponderExcluir